quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Hoje o Senhor chama o seu LÁZARO!


"Mandaram-lhe, pois, suas irmãs dizer: Senhor, eis que está enfermo aquele que tu amas. E Jesus, ouvindo isto, disse: Esta enfermidade não é para morte, mas para glória de Deus, para que o Filho de Deus seja glorificado por ela.
Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.
Ouvindo, pois, que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde estava.
Depois disto, disse aos seus discípulos: Vamos outra vez para a Judéia."
João 11.3-7


"Chegando, pois, Jesus, achou que já havia quatro dias que estava na sepultura."
João 11.17

"Ouvindo, pois, Marta que Jesus vinha, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou assentada em casa.
Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se tu estivesses aqui, meu irmão não teria morrido.
Mas também agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
Disse-lhe Jesus: Teu irmão há de ressuscitar.
Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia.
Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá; E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?"
João 11.20-26

As irmãs de Lázaro mandaram avisar a Jesus que ele estava enfermo.
Se dirigiram a Cristo, pois sabiam que só Ele tinha o poder para restaurar a saúde de Lázaro.
Jesus então responde que a enfermidade não é para morte, mais para Glória de Deus. Para servir de testemunho do poder de Jesus.
Jesus não foi no mesmo instante em que recebeu a notícia. A palavras relata que Ele se demorou dois dias até se dirigir para Betânia. No meio do caminho Lázaro morre, e Jesus avisa seus companheiros que na hora não entendem.

Se existe alguém que você ama e se encontra doente, fraco ou já morreu espiritualmente falando. Saiba que o Senhor da vida já está chegando em Betânia e hoje, essa pessoa vai ter que ressuscitar pra honra e glória do nome do Senhor!

Quando Jesus chega na cidade, Lázaro já havia sido sepultado havia quatro dias. E Martha falou a Jesus: Senhor se estivesse aqui meu irmão não teria morrido.

O crente que enxerga por vista e não por fé, quando vê algo saindo do controle, não entende que é pela permissão de Deus. Ai já começa a falar:
Se a irmã tivesse vigiado, o filho não estaria no mundo das drogas, o marido não teria saído de casa.
Se o irmão está passando em crise familiar é porque está em pecado.
Se as coisas não vão bem, é sempre culpa dos outros.
Se ..., se..., se...
Comece hoje a enxergar por fé. Não procure desculpas, não procure culpados.
Deus não perdeu o controle. Tudo isso é pro nome do Senhor ser glorificado!!

"E disse- lhe Jesus: Tirai a pedra!" João 11.39

Ai a crente incrédula fala que já cheirava mal pois era de quatro dias.
Ao invés dela confiar e crê no poder de Jesus. Ela olhou pra dificuldade, olhou e duvidou.
A tradição judaica ensinava que a alma pairava em cima do corpo durante três dias na esperança de poder voltar. E como o povo era supersticioso aceitavam esse ensinamento.
Ai pro milagre não ser contestado por ensinamentos vãos, Jesus foi no quarto dia e realizou o impossível.

E hoje Deus te diz que não importa qual seja a pedra, qual seja a dificuldade ou circunstância.
Não importa onde essa pessoa que você ama esteja, ou a maneira que ela está vivendo.
Deus hoje ordenou que tirasse a pedra e , hoje ela ouvirá Jesus chamar!
Se hoje você se encontra morto espiritualmente, ouça a voz do teu Senhor que te diz:
Lázaro venha para fora! Lázaro venha para fora! Lázaro venha para fora!
Aleluia!
E saiba que brevemente você estará assentado na mesa do Senhor para testificar da sua vitória!
Os saduceus e fariseus indignados porque muitos creram e Jesus através do testemunho de Lázaro. Com medo de perderem status e sua força religiosa tramaram a morte de Jesus e Lázaro. Mais quando Deus levanta Ele garante, ainda que tente te parar, Deus te ungiu vai avante pois Ele é contigo!!


terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Ouvindo a voz de Deus

Já começo o ano contando aqui mais votória na presença do Senhor.

"O Senhor é a minha força" Pv 24.10

Abri mão do meu emprego no qual trabalhei um ano e sete meses, pois era uma loja na qual nossa resistência espiritual era colocada a prova em todo o tempo.
Quando tinha oito meses de carteira assinada, resolvi voltar a minha faculdade. A empresa assim não permitiu que eu trocasse de horário. Mesmo no horário que eu saia daria para estudar, só que não daria para estar na igreja. Pedi a Deus para sair do trabalho e Deus me disse que não era a hora, por isso abri mão da faculdade.

Depois desse fato Deus me honrou, e existia outra vendedora a qual tinha oito anos de firma, logo ela possuía muitas clientes. Sendo assim, eu com oito meses, não consegui aproximar minhas vendas da dela. E Deus começou a me honra. Minhas vendas cresciam, a ponto de existir mês em que eu vendia mais que ela.
Vi assim se cumprir a palavra do Senhor que diz:

"Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não serve" Ml 3.18

Quando Deus me permitiu eu quis sair, mais a empresa não queria me mandar embora. Orei e entreguei na mão de Deus. Mais ou menos uma semana depois a supervisora me liga e diz que eles iriam me mandar embora. No meio dessa conversa ela me disse: " Jéssica mais você quer se casar ano que vem e como vai ser se você sair daqui?"
Eu respondi:" A minha confiança está no Deus que eu sirvo, não no meu emprego. E eu sei que tudo que ele me prometeu entregará aqui, na minha mão!"
Assim eu tive direto ao fundo de garantia e o auxílio desemprego. Fui desligada em julho.

Em agosto Deus provou se minha confiança estava mesmo nas mãos Dele. Numa sexta feira pela manhã. Fui dar entrada no meu auxílio e quando cheguei lá, era necessário os três últimos contra cheques. Resolvi então voltar no dia seguinte.
Quando foi a noite, arrumei minha bolsa para ir a igreja. Como iria durmi na casa do meu noivo, levei todos os meus documentos. Quando estava caminhando um carro passou e puxou a minha bolsa!
No mesmo instante, estava caminhando uma jovem na minha frente, e ela ficou muito nervosa. Me emprestou o celular e eu entrei em contato com meu noivo.
Ela me disse: "Meu Deus poderia ter sido eu, você está bem?"
Creio que nesse instante satanás se preparou para ouvir eu murmurar.
E eu respondi:" Estou fique calma, é porque minha vitória é muito grande e está pertinho de chegar. Isso é pro nome do Senhor ser glorificado na minha vida!"
Dentro da bolsa tinha uma bíblia de estudo novinha, com uma pregação que eu tinha escrito sobre João Batista de duas folhas. Orei para que aqueles jovens se convertessem através da palavra.
Fui pra igreja adorei e agradeci ao Senhor pelo livramento, por eu não ter sido agredida e pelo Senhor ter me poupado de estar sob a mira de uma arma. Pela paz e a tranquilidade que o Espírito Santo me deu na hora do ocorrido!
No dia seguinte fui na delegacia, esperei alguns dias, peguei o B.O e fui tirar no poupa tempo meus documentos. Isso tudo durou uma semana mais ou menos. E quando estava pra dar entrada no auxílio, chegou uma notificação dos correios dizendo que meus documentos estavam lá.
Quando cheguei no correio estava uma fila e tinha um endemoninhado que reclamava de tudo, já entrei em oração e nada do rapaz encontrar meus documentos. Ele chamou o superior e depois de uma hora de espera veio o senhor com minha bolsa e todos os meus documentos. Até os papéis do auxílio estava lá. Deus é fiel né.

"Ainda que um exército se acampe
contra mim, não se atemorizará o meu coração;
e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança."
Sl 27.3

Quando foi agora em novembro veio algumas oportunidades de trabalho. Orei a Deus e estava para entra de extra natal em uma loja, na qual teria chance de se efetivar. Pedi para Deus falar comigo e ele falou em sonho. Sonhei que estava com duas irmãs e começava a aparecer bolinhos de dinheiro no chão. Elas iam apontando e falavam: " Deus está mandando mais Jéssica".
Eu abaixava pra pegar e ia colocando no bolso. Derrepente escutei uma voz que dizia: "Serva não precisará ir atrás, virá até você!"

Busquei na palavra e estava vindo uma oportunidade melhor que a outra.
Resolvi escultar o meu Deus e abri mão de todas as propostas.
Meu noivo tinha voltado pra Jesus tinha algumas semanas e era o momento de estar do lado dele auxiliando na caminhada. (Essa foi a minha grande vitória que tinha relatado quando fui assaltada)

Quando foi em dezembro Deus começou a enviar pessoas para fazer progressiva no cabelo, comprei um produto e paguei um terço do valor que é comercializado. Em uma semana tive que comprar outro produto. Pois o que tinha já estava acabando. O rapaz me vendeu o segundo e paguei tres vezes menos que paguei no primeiro. Isso irmão é a fidelidade do Senhor.

Enfim ..

Se eu tivesse entrado na loja, teria perdido meu auxílio de dezembro e janeiro.
Todas as pessoas ao meu redor falavam que eu tinha que trabalhar. Pois estava pra casar e tinha que pagar a festa e compra as coisas.
Mais eu como boa serva confiei na voz do Deus, que tinha falado comigo e não dava ouvido para a voz humana. Confiei no Senhor e em seis dias minha renda foi o dobro que seria se eu tivesse trabalhado um mês em qualquer um dos trabalhos.
Deus honra a nossa fé irmãos não duvide do poder do nosso Deus Ele é soberano e onipotente!!
E fazendo cabelo Deus tem me dado a oportunidade de evangelizar, pude contar meu testemunho pra mulher de um traficante. E tenho tempo de fazer a obra de Deus!

"Assim brilhe também a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus." Mt 5.16